(19) 4101-9494
comercial@revistafrigonews.com.br
Ação no mercado árabe promove qualidade e segurança da carne brasileira

Ação no mercado árabe promove qualidade e segurança da carne brasileira


Criado: 08 Março 2021 | Atualizado: 08 Março 2021
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir

Com o objetivo de reforçar a qualidade e segurança da carne brasileira, em um dos principais mercados para o produto nacional, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) se prepara para participar novamente da Gulfood, uma das principais feiras de alimentos e bebidas do mundo, que acontece em Dubai, nos Emirados Árabes, de 21 a 25 fevereiro. A ação é realizada em conjunto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), parceira da Abiec no projeto Brazilian Beef e contará com a presença de 5 empresas associadas – Cooperfrigu, Marfrig, Mercúrio, Plena e Supremo.

Diferente dos anos anteriores, por conta das medidas de prevenção a pandemia de Covid-19, não será realizado a tradicional degustação do churrasco brasileiro. Ainda assim, o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli, reforça a importância da aproximação com esse mercado. “A participação brasileira vai ser extremamente importante para reforçar todas as informações sobre a qualidade e segurança da carne brasileira em um mercado com importância significativa para o nosso setor”, explica.

As exportações brasileiras para os países árabes somaram 362,5 mil toneladas em 2020.Em faturamento, as vendas foram de US$ 1,3 bilhão. Esse mercado respondeu por 18% do volume exportado pelo Brasil em 2020 e 15% da receita total.

O estande do Brazilian Beef na Gulfood está localizado no Hall 1-4, Stand: B3-36. Vale ressaltar que todos os cuidados e normas de prevenção à COVID estão sendo rigidamente seguidos. Por conta desses cuidados, todas as informações e materiais informativos sobre a carne bovina brasileira serão disponibilizadas em formato digital, por meio de QR Code impressos nos painéis do estande.

Sobre a ABIEC

Criada em 1979, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC) reúne 32 empresas do setor no país, responsáveis por 92% da carne negociada para mercados internacionais. Sua criação foi uma resposta à necessidade de uma atuação mais ativa no segmento de exportação de carne bovina no Brasil, por meio da defesa dos interesses do setor, ampliação dos esforços para redução de barreiras comerciais e promoção dos produtos nacionais. Atualmente, o Brasil produz em torno de 10 milhões de toneladas de carne bovina, aproximadamente 20,8% são negociados para dezenas de países em todo o mundo, seguindo os mais rigorosos padrões de qualidade. Na última década, o País registrou crescimento de 135%no valor de suas exportações.

Sobre o Brazilian Beef

Iniciado em 2001, o projeto setorial Brazilian Beef, uma parceria entre Apex-Brasil e ABIEC, tem o objetivo de fortalecer a imagem da carne bovina brasileira, melhorando a percepção de sua qualidade nos países importadores e ampliando, assim, a participação brasileira no mercado mundial de carnes. Em 18 anos, já foram firmados nove projetos, com investimentos de mais de R$ 60 milhões e crescimento das exportações em mais de 500%.

Sobre a Apex-Brasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Para alcançar os objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.

Fonte: Abiec


O que você achou desta informação?

Avaliação

Deixe sua avaliação
Comentários
0
Deixe seu comentário

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM
Sua mensagem foi enviada com sucesso!

WhatsApp