(19) 4141-9494
comercial@revistafrigonews.com.br

Blog de notícias, dicas e novidades

Notícias

07
Novembro
2018
0
Minerva cresce receita e consolida liderança das exportações na América do Sul no trimestre

Minerva cresce receita e consolida liderança das exportações na América do Sul no trimestre


Criado: 07 Novembro 2018 | Atualizado: 07 Novembro 2018
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir

A receita bruta dos últimos 12 meses foi recorde e atingiu R$ 16,6 bilhões e, no 3T18, foi de 4,6 bilhões; o fluxo de caixa livre ao acionista foi de R$ 93,5 milhões e o fluxo de caixa das atividades operacionais foi de R$ 406,5 milhões. Com estes resultados, a companhia mantém o guidance de receita líquida para 2018, no intervalo de R$ 15,0 bilhões a R$ 16,0 bilhões.

A Minerva Foods (Minerva S.A. – B3: BEEF3 | OTCQX:MRVSY), líder na América do Sul na exportação de carne bovina in natura e seus derivados, que comercializa seus produtos para mais de 100 países e que também atua no segmento de processados, com 26 unidades de abate de bovinos no Brasil, Paraguai, Argentina, Uruguai e Colômbia, anuncia os resultados referentes ao terceiro trimestre de 2018 (3T18). Entre os destaques do período, a receita bruta da companhia atingiu R$ 4,6 bilhões, dos quais 43% (R$ 2 bilhões) foram gerados pela Divisão Indústria Brasil, 40% (R$ 1,8 bilhão) foram gerados pela Athena Foods, que reúne as unidades da Argentina, Uruguai, Paraguai e Colômbia e a de distribuição no Chile, e 17% (R$ 782 milhões) pela Divisão Trading. No acumulado dos últimos 12 meses (LTM3T18 – findos em 30/9/2018), a receita bruta foi recorde e atingiu R$ 16,6 bilhões, um valor 44% superior a igual período do ano anterior.
A receita líquida do 3T18 foi de R$ 4,3 bilhões e, no LTM3T18, atingiu R$ 15,6 bilhões, 17% superior ao mesmo período do ano anterior; e, com base nesses resultados, a Minerva informa que mantém o guidance de receita líquida para o ano de 2018 para o intervalo de R$ 15,0 bilhões a R$ 16,0 bilhões. As exportações responderam por 61% da receita bruta do trimestre, sendo que, no LTM3T18, a Minerva consolidou a sua posição de maior exportadora de carne bovina da América do Sul ao atingir uma participação de 21% dos embarques na região, que representam 7% do total exportado no âmbito mundial.
O EBITDA do 3T18 totalizou R$ 449,2 milhões, 44% acima do mesmo período do ano anterior. A margem EBITDA atingiu 10,4% no período, 130 bps acima da margem do 3T17. No LTM3T18, o EBITDA ajustado totalizou R$ 1,45 bilhão, 21% superior a igual período no ano anterior, e a margem EBITDA atingiu 9,3%. No 3T18, o fluxo de caixa das atividades operacionais da companhia atingiu R$ 406,5 milhões, o fluxo de caixa livre ao acionista foi de R$ 93,5 milhões e a utilização da capacidade consolidada das operações cresceu quase 5 p.p. e atingiu 79,8%. Em 30/9/2018, a posição de caixa da empresa era de R$ 4,2 bilhões e a dívida líquida era de R$ 7,2 bilhões. Ao final do 3T18, a alavancagem financeira, medida por meio do cálculo do múltiplo da dívida líquida/EBITDA ajustado dos últimos 12 meses, foi de 5 vezes, em linha com o 2T18.
Após o final do 3T18, com o objetivo de acelerar o processo de desalavancagem financeira, a Companhia anunciou a proposta de aumento de capital por subscrição privada aprovada em assembleia realizada em 15/10/2018, de até R$ 1,059 bilhão por meio da emissão de até 165 milhões de ações ao preço de R$ 6,42. Como vantagem adicional, a proposta inclui a atribuição de Bônus de Subscrição aos subscritores das ações objeto do aumento de capital, com validade de três anos. E, em 1º/11/2018, outro ponto alto da Minerva foi o lançamento da oferta de recompra antecipada de títulos perpétuos representativos de dívida emitidos no exterior pela subsidiária Minerva Luxembourg S.A., com taxa de juros de 8,75%, títulos esses atualmente em aberto no mercado internacional.

Posicionamento estratégico na América do Sul amplia alcance no mercado global de carne
A Minerva Foods atribui os resultados positivos do trimestre a alguns fatores principais. Entre eles, o presidente da companhia, Fernando Galletti de Queiroz, cita a eficácia na execução da estratégia de diversificação geográfica na América do Sul, pautada nos pilares que guiam as tomadas de decisão da administração, que são foco, disciplina e consistência, e à excelência em gestão de risco. Um dos exemplos apontados pelo executivo que reforça o resultado positivo foi o excelente desempenho com as exportações das divisões Indústria Brasil e Athena Foods. “O posicionamento estratégico das nossas unidades nos permite melhor arbitragem entre as geografias e um grande alcance no mercado mundial de carne bovina”, comenta Queiroz, lembrando o posicionamento privilegiado da empresa no mercado global, com participação de cerca de 7% no mercado mundial, e a liderança entre os exportadores da América do Sul, com participação de 21,4% do total embarcado no continente.
Com excelentes resultados e posição consolidada, Queiroz ressalta ainda que a Minerva continua buscando melhorar a sua estrutura de capital. Neste sentido, lembra que a companhia apresentou ao mercado dois projetos que têm objetivo de acelerar o processo de desalavancagem do balanço, o qual já está em andamento com o recente anúncio de recompra dos bonds perpétuos. O primeiro projeto foi o anúncio dos estudos sobre a abertura do capital das unidades internacionais da Minerva, a Athena Foods. “Após a conclusão do processo de integração entre as unidades, identificamos a possiblidade de extrair valor das operações das unidades do Paraguai, Argentina, Uruguai, Colômbia e a de distribuição no Chile e, assim, anunciamos junto aos resultados do 2T18 a intenção de uma oferta pública inicial na bolsa de Santiago, no Chile, país que, entre tem altos padrões de governança corporativa e taxa de poupança interna elevada”, conta Queiroz, informando ainda que este processo está em fase avançada de desenvolvimento e deve ser concluído já no primeiro semestre de 2019.
O outro projeto citado por Queiroz foi o anúncio, em setembro último, da realização do aumento de capital privado de até R$ 1,1 bilhão, uma operação que já foi autorizada em assembleia, realizada em outubro. “Com o sucesso destas duas operações, entendemos que a companhia sairá fortalecida do ponto de vista financeiro e pronta para uma nova etapa de geração de valor aos nossos acionistas”, reforça.

Sobre a Minerva
A Minerva Foods é a líder em exportação de carne bovina na América do Sul e atua também no segmento de processados, comercializando seus produtos para mais de 100 países. A Companhia possui atualmente capacidade diária de abate de 26.380 cabeças de gado e de desossa equivalentes a 27.966 cabeças de gado. Presente no Brasil, no Paraguai, na Argentina, no Uruguai e na Colômbia, a Minerva opera 26 plantas de abate e desossa e três plantas de processamento. Nos últimos doze meses findos em 30 de setembro de 2018, a Companhia apresentou uma receita bruta de vendas de R$ 16,65 bilhões, 44% acima da receita bruta do mesmo período de 2017.

Informações para a imprensa:
Cinthia Jardim – cinthia.jardim@idealhks.com / (11) 4873-7621
Rodrigo Fonseca – rodrigo.fonseca@idealhks.com / (11) 4873-7628

O que você achou desta informação?


Avaliação

Deixe sua avaliação
Comentários
0
Deixe seu comentário

 

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM
Sua mensagem foi enviada com sucesso!