(19) 4101-9494
comercial@revistafrigonews.com.br
27
Março
2017
0
SÃO PAULO DISCUTE PLANO DE PREVENÇÃO À INFLUENZA AVIÁRIA

SÃO PAULO DISCUTE PLANO DE PREVENÇÃO À INFLUENZA AVIÁRIA


Criado: 27 Março 2017 | Atualizado: 27 Março 2017

Categoria: Cursos e Profissionalização

Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir

O Comitê de Sanidade Avícola realizou reunião no dia 21 de dezembro, na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, na Capital para falar sobre o Plano Estadual de Prevenção à Influenza Aviária (IA) e Abordagem dos Problemas Relacionados a Saúde Humana. A iniciativa estabelece os procedimentos para a prevenção da IA, que representam riscos à saúde animal, assim como a adequada abordagem aos problemas relacionados à saúde humana.

O Plano foi discutido por Arnaldo Jardim, secretário de Agricultura, Telma Carvalhanas e Patrícia Marques Ferreira, da Secretaria da Saúde; Vilma Geraldi, da Pasta do Meio Ambiente; Fabrício Rassy, da Fundação Parque Zoológico; Fernando Gomes Buchala, coordenador da Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Luciano LaGatta, coordenador do projeto. Os planteis paulistas não registraram até hoje nenhuma ocorrência da Influenza.

O Grupo Especial de Atendimento à Suspeita de Enfermidades Emergenciais (Gease), da CDA, realizará o atendimento relacionado à ocorrência de Influenza Aviária no Estado de São Paulo, contribuindo para sua erradicação. “A difusão da informação é uma das ferramentas mais eficazes para minimizar os impactos sociais e econômicos da IA, maximizando os resultados das ações de controle em eventos de natureza epidêmica, desta forma torna-se importante a comunicação dos riscos a todos envolvidos”, afirmou Arnaldo Jardim.

A Secretaria de Agricultura envolveu todos os seus departamentos na prevenção da doença, especialmente a CDA, que normalmente já executa atividades de vigilância epidemiológica, controle e erradicação de doenças em animais; e o Instituto Biológico (IB), que realiza exames laboratoriais para o diagnóstico de doenças em animais e para o monitoramento epidemiológico em seus departamentos: Unidade Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Bastos e o Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócio Avícola (Captaa) de Descalvado.

Como a doença não discrimina as aves criadas em estabelecimentos comerciais das silvestres, a Secretaria do Meio Ambiente tem um papel fundamental e participa desse esforço conjunto por meio do Departamento de Fauna (Defau), disponibilizando o cadastro georreferenciado dos empreendimentos de fauna em cativeiro e informando à CDA sobre as autorizações concedidas pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) para o destino de carcaças e dejetos resultantes do sacrifício das aves dos estabelecimentos avícolas industriais acometidos. À Fundação Parque Zoológico cabe informar à CDA o recebimento de aves da ordem charadriformes, anseriformes e galiformes para colheita de amostras para vigilância ativa para Influenza Aviária, assim como a ocorrência de óbitos ou sintomatologia respiratória nas aves destas ordens, além de realizar ações educativas junto aos funcionários e visitantes.

A Secretaria de Saúde atuará, por meio da Coordenadoria de Controle de Doenças e do Centro de Vigilância Epidemiológica – Divisão de Doenças de Transmissão Respiratória, monitorando o risco à saúde humana e a Secretaria de Segurança Pública cuidará da manutenção da ordem pública e garantirá a execução das atividades de defesa sanitária animal.

Todas as ações previstas nesse plano estão de acordo com as normativas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que, por meio do Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro SP), em Campinas, apoiará o IB na realização de exames confirmatórios de amostras resultantes de Síndrome Respiratória e Neurológica das Aves e de resultados positivos nos exames de triagem.


*Fonte: Secom/SP


O que você achou desta informação?

Avaliação

Deixe sua avaliação
Comentários
0
Deixe seu comentário

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM
Sua mensagem foi enviada com sucesso!

WhatsApp